Zona Limítrofe colab c.e.m

Olá pessoas queridas!

Com o início de Outubro retornamos as nossas práticas, dentre elas: 
-encorpada-LAB interações sonoras, vibracionais e encorpadas-respiração, som, meditação 
Como sabem, estamos nessa parceria com o c.e.m – um espaco muito especial que é múltiplo por natureza e que está alí, alojado na rua dos fanqueiros, abrindo possibilidades de encontros ao desconhecido.
Convidamos vocês a se aproximar de uma primeira semana do que pode vir a ser o Risco da Dança, um dos programas de formação do c.e.m, e também das praticas que decorrem ao longo do ano, em formatos de encontros pontuais, mensais ou semanais.


Deixo aqui o link para quem quiser ler e conhecer mais sobre:
http://c-e-m.org/investigacao/o-risco-da-danca/

Envio em anexo um zine falando um pouco do nosso convite da Zona Limítrofe.Venham, venham!https://zonalimitrofe.com/

E  expando o convite para todas as outras práticas dos nossos colegas, dentre elas as práticas de fundo do c.e.m. O agrupar aqui é sobre a presença de cada pessoa que vem se tornar corpo junto.

Mergulhem de cabeça, de peito aberto no infinito desse estúdio e para muito além dele!

Lab Mosh!

procedimentos e preparações para estados performáticos

fotografias: Josefa Searle

São 4 dias de encontros para investigar e praticar estados variados em performance. Num espaço de pesquisa artística experiencial envolto de sons, ritmos, corpos, movimentos e objetos. Destinado a todas as pessoas interessadas em artes, nos estados extra sensoriais do corpo e a criação de imaginários radicais, políticos e poéticos. 

com Dally Schwarz e Marcos Aganju

Dias:

4/12, 5/12, 14/12 e 16/12

Hora:

11h às 15h

tags:

performance, corpo ágil, ritmo interno, presença, estados, som, movimento

Corpo Aprendendo a criar no c.e.m

70723450-AA1E-4D14-A20F-9954D1622DD7

A convite da bailarina e produtora Mariana Lemos, Dally e Marcos compartilham suas investigações a partir das pesquisas da Plataforma Zona Limítrofe. Corpo aprendendo a criar é um espaço que nos pergunta: o que está movendo às práticas de investigação e criação agora?

Além das sessões práticas, partilham 5′ de acervo de vídeos do período entre 2014-2019.

Dally and Marcos share their investigations from the Zona Limítrofe research, which is moving to research and breeding practices. In addition to the practical sessions, they share 5 ‘of video collections from 2014-2019

7 e 9 de maio

+ –

Simples prática de mover enquanto ouço com ouvidos, pés e mãos direita e esquerda. O espaço desenhado pela influência da escuta táctil do som.

Simple practice of moving while listening with right and left ears, feet and hands. The space designed by the influence of the tactile listening of sound

5′ de acervo

Centro Coreográfico do Rio de Janeiro

14 e 16 de maio

IN/OUT

Práticas de entradas e saídas, do corpo para o equipamento sonoro, do som para o espaço.

Input and output practices, from body to sound equipment, from sound to space.

5′ de acervo

Museu de Arte Moderna do Rio

21 e 23 de maio

MIRAGENS Mirages

Práticas e pesquisas de imagem. Como a imagem nos toca? Como tocamos as imagens? Como as imagens se tornam miragens a partir dos manuseamentos tecnológicos?

Practices and image research. How does the image touch us? How do we touch the images? How do images become mirages from technological manipulations?

5′ de acervo

Polo Das Gaivotas

As práticas vão acontecer no c.e.m – centro em movimento as terças e quintas de 18h às 19h30.

Os valores são: 25€ 1x/mês | 30€ 2x/mês

Can We Talk?

Can we talk? ( o momento exatamente antes de iniciar a conversa)

No mês de abril convidamos as pessoas para presenciar/ajuntar uma conversa entre dois artistas que trabalham juntos desde 2014 e que sempre que se encontram tentam afinar a possiblidade de poderem conversar. o que pressupõe uma conversa? encontro entre ritmo, escrita e fala?

Esse ciclo de açōes está associado ao Lab de investigação sonora, vibracional e encorpada em parceria com c.e.m – centro em movimento e acontece na Tigre de Papel dia 23/04 as 18h30.

Can we talk? (o momento exatamente antes de iniciar a conversa) Dois performers se comunicam utilizando uma folha digital em branco e um mid eletrónico.

IMG_2269.jpg

Can we talk?

Dois performers se comunicam utilizando uma folha digital em branco e um mid electrónico. Dally Schwarz e Marcos Aganju convidam c.e.m – centro em movimento. Conversa com Sofia Neuparth e Margarida Agostinho

Quarta-feira, 27 de Março, às 18h30, na livraria Tigre de Papel | entrada livre

Can we Talk?

 

Ciclo de Ações performáticas  que vai acontecer na livraria Tigre de papel em Lisboa nos meses de março, abril e maio em parceria com o c.e.m- centro em movimento e com a presença das investigadoras de corpo e movimento Sofia Neuparth, Margarida Agostinho e investigadoras da F.I.A – Investigação/Fiação nos estudos do Corpo do Movimento e do Comum.